quinta-feira, 20 de abril de 2017

Que Alimentos fazem o cabelo crescer?

Este deveria ser um dos meus primeiros posts no Blog. Talvez porque seja um tema bem importante e muitas vezes "menosprezado" no que toca aos cuidados para o cabelo.
Quando o nosso cabelo está numa fase má, raramente nos lembramos que a alimentação pode estar na causa disso.
O estado do nosso cabelo está relacionado integralmente com a nossa saúde e características.
Por vezes focamo-nos só a "tapar" superficialmente os danos do cabelo com shampoos, tratamentos, máscaras, óleos e a tomar suplementos vitaminicos em vez de tratarmos da origem do problema - a nossa alimentação.
Se só tomarmos suplementos ou só tivermos uma rotina semanal para o cabelo e continuarmos com uma alimentação nada saudável, o cabelo vai permanecer danificado! Pode temporariamente ficar "bonito", mas vai voltar ao que era.

O meu cabelo está realmente "saudável"?
O fio de cabelo apesar de ser constituído por células mortas, começa o seu crescimento na estrutura da pele conhecida como folículo capilar. Cada folículo produz um único fio de cabelo composto por proteínas, nomeadamente queratina.
Cada fio de cabelo tem um ciclo de crescimento diferente (crescimento ativo, maturação e fase de descanso). Durante a fase de descanso, os folículos descontraem e o fio acaba facilmente por cair.
Todos os cabelos passam por um ciclo de crescimento, mas não todos ao mesmo tempo!
Cerca de 10 a 15% do nosso cabelo está na fase de descanso e por isso cai...daí veres fios na tua escova, no duche, no chão da casa-de-banho, etc. Isto é perfeitamente normal, e não, não estás a ficar careca! Mas se tens vindo a notar que o teu cabelo cai muito mais do que era habitual cair e notas também que está mais seco e quebradiço, aí sim já podes ter um problema.
A fase ativa de crescimento do cabelo dura em média 2 a 3 anos e a fase de descanso dura por volta de 3 meses. Se não tiveres uma alimentação saudável, a percentagem de fios de cabelo que vão para a fase de descanso pode aumentar!
Um couro cabeludo saudável normalmente tem 120.000-150.000 fios de cabelo e cerca de 50 a 100 fios caem todos os dias.
À medida que vamos envelhecendo, o nosso cabelo passa mais tempo na fase de descanso, o que significa que vamos perder mais fios de cabelo do que antes perdíamos e não vão crescer de novo tão rápido.


Como a alimentação influencia o estado do cabelo:
Água:
O corpo humano é constituído por 75% de água. Por isso é sem dúvida o elemento que mais influencia o estado do cabelo.
A água é importante no crescimento das células, no transporte dos seus nutrientes e na remoção dos desperdícios. Quando o teu corpo está desidratado funciona com muito menos eficiência, podendo assim dificultar o crescimento e saúde do cabelo.
Pensa no cabelo como se fosse a tua pele... quando não consomes água suficiente a pele fica seca e estalada, nada agradável de se olhar... o mesmo acontece com o teu cabelo! Mesmo que o cabelo seja formado por células mortas, os teus folículos capilares estão bem vivos e a gerar células, e precisam dessa hidratação para produzir células mais fortes.
Muitas vezes um cabelo fraco com fios finos pode estar associado à desidratação. Há estudos que comprovam que assim que a ingestão de água passa a ser a adequada, o fio de cabelo fortalece.
Eu até há bem pouco tempo pouca água bebia.. não sentia sede e esquecia-me de beber. Comecei a beber 1,5L-2L de água por dia e só num espaço de 2 semanas notei uma enorme diferença no meu cabelo na forma como absorvia os produtos e mantinha a hidratação. Por vezes pensamos que o nosso cabelo é poroso e tem mais uma data de defeitos e pode até nem ser, pode simplesmente estar a pedir que bebas mais água por dia!
Se tens dificuldade em beber água ou esqueces-te como eu, existe uma App chamada Water Time Pro que te ajuda a lembrar de hora a hora que tens que beber água, e também permite anotar rapidamente a quantidade de água que já bebeste. Quando te esqueces de beber aparece um boneco todo murcho que te faz ter pena dele e assim vais logo a correr beber água para que ele fique contente 😜

Proteínas:
O cabelo como já sabes é formado por proteínas. São as proteínas que servem para reparar, restaurar, substituir, e fazer crescer os nossos ossos, pele, músculos e cabelo.
As pessoas que não ingerem quantidades de proteínas suficientes durante o dia, podem esperar um crescimento mais lento do cabelo. Aqueles 10-15% de cabelo que caem já não vão crescer tão rápido.

Ferro: 
O ferro ajuda os glóbulos vermelhos a transportarem o oxigénio. A deficiência do ferro no organismo pode levar a anemia, que significa que as células não recebem o oxigénio suficiente para funcionarem devidamente. Este resultado pode ser devastador para todo o corpo, causando fraqueza, fadiga, e possivelmente queda de cabelo.
As mulheres que tenham um fluxo menstrual muito intenso estão mais susceptíveis a uma deficiência nos níveis de ferro.

Alimentos ricos em Ferro e/ou Proteínas - Mexilhões, Ostra, Carne bovina, Frango sem pele, Perú, Lombo de porco, Camarão, Gema de ovo, Tofu, Tempeh, Soja, Lentilhas, Feijões, Cereais integrais, Pão de cevada, Espinafres e Brócolos, etc.


Biotina:
É comum vermos por aí shampoos e condicionadores que dizem ter Biotina nos ingredientes. A Biotina é uma vitamina B essencial para o crescimento do cabelo e para a saúde do couro cabeludo. Como o nosso corpo produz a sua própria biotina nos intestinos, e a biotina também está presente em diversos alimentos, a possibilidade de haver deficiência de biotina no organismo é muito rara. Em casos raros em que as pessoas estão doentes e não têm os intestinos totalmente funcionais, pode ocorrer falta de biotina e causar queda de cabelo.
A biotina em excesso normalmente é expelida pela urina e os seu efeito secundário é o aparecimento de acne, e principalmente quando não é ingerida água o suficiente durante o dia.

Alimentos ricos em Biotina - Ovos, Amendoim, Manteiga de Amendoim, Amêndoas, Manteiga de Amêndoa, Farelo de Trigo, Nozes, Acelga, Pão integral, Salmão selvagem, Queijo magro, Couve-flor, Abacate, Framboesa.


Ómega-3: 
Ómega-3 estimula o crescimento do cabelo e auxilia na regulação do sebo no couro cabeludo e no cabelo, prevenindo o couro cabeludo de escamar e ficar irritado.
Como o cabelo é constituído nomeadamente por proteínas, o consumo de alimentos ricos em ómega-3 resultam na nutrição dessas proteínas.
A deficiência de ómega-3 deixa o cabelo seco, baço e espigado, podendo também levar à queda de cabelo.

Alimentos ricos em Ómega-3 - Linhaça, Nozes, Atum, Salmão selvagem, Sardinha, Truta, Abacate, Sementes de abóbora, etc. 


Vitaminas B6, B12 e Ácido Fólico:
Estas vitaminas estão envolvidas na produção da hemoglobina que está presente nos glóbulos vermelhos. Com a deficiência destas vitaminas no organismo, os glóbulos vermelhos ficam pouco desenvolvidos e consequentemente levam a uma carência dos níveis de ferro.
É importante um bom desenvolvimento dos glóbulos vermelhos, porque são eles que carregam o oxigénio e nutrientes para todas as células do corpo, incluindo as do couro cabeludo, influenciando no crescimento do cabelo. Sem as vitaminas B o cabelo cai, haverá um crescimento muito lento e também um enfraquecimento dos fios levando-os a partirem-se com facilidade.

Alimentos ricos em vitaminas B6, B12 ou Ácido Fólico - Grão de bico, Marisco (mexilhão, ostras, caranguejo), Lentilhas, Salmão selvagem, Carne bovina, Leite de soja, Batata doce, Banana, Atum, Truta, Aveia, Nabos, Espinafre, Brócolos, Sementes de girassol, Quiabo, Alcachofras, Iogurte magro, Queijo magro, Ovos, Cenoura, Camarão, Tofu, Damascos, etc.


Vitamina C:
A vitamina C é necessária para a saúde do cabelo por várias razões:
Ajuda o corpo a usar o ferro não-heme (normalmente presente nos vegetais verdes escuros) para assegurar que existe ferro suficiente nos glóbulos vermelhos para que possam transportar o oxigénio para os folículos capilares.
Também ajuda a formar o colagénio, uma fibra estrutural que ajuda quase todo o nosso corpo a manter-se firme. Os folículos capilares, as veias e a pele requerem todos colagénio para se manterem saudáveis com um ótimo crescimento.
Por exemplo, alguns dos primeiros sinais de deficiência de vitamina C no organismo são o surgimento de pequenas saliências e manchas vermelhas à volta dos folículos capilares dos braços, nádegas, e pernas. Nessa altura o crescimento do cabelo também é afectado. A falta de vitamina C pode também deixar o cabelo seco, baço e que se parte com facilidade.

Alimentos ricos em vitamina C - Goiaba, Pimentões (todas as cores), Laranjas, Sumo de laranja, Toranja, Sumo de toranja, Morangos, Ananás, Papaia, Limão, Sumo de limão, Brócolos, Couve, Feijão, Kiwi, Manga, Batata, Tomate, Framboesa, Mirtilos, Tangerina, Melancia, Quiabo, Lichia, etc.


Beta-caroteno:
Beta-caroteno nos alimentos é convertido para vitamina A no corpo. E a vitamina A é necessária para todo o crescimento das células, incluindo as células do couro cabeludo. A sua deficiência pode levar o cabelo a ficar seco, aborrecido, "sem vida", e o couro cabeludo seco a escamar, causando a caspa.
Mas a vitamina A em excesso também pode levar à queda de cabelo, atenção!
Por isso o meu conselho seria comeres mais alimentos ricos em beta-caroteno ao invés de tomares suplementos de vitamina A.
Se escolheres tomar um suplemento multivitaminico, verifica antes o rótulo para certificar que não contém mais do que 50% DV de vitamina A na forma de retinol. O retinol é listado nos rótulos dos suplementos como palmitate ou acetate. Os outros 50% ou mais devem vir na forma de beta-caroteno ou carotenóides, que serão convertidos para vitamina A quando o corpo precisar.

Alimentos ricos em Beta-caroteno - Batata doce, Cenoura, Couve, Abóbora, Nabos, Meloa, Pimenta vermelha, Damascos, Couve rouxa, Espinafre, Alface, Acelga, Agrião, Toranja, Melancia, Cerejas, Manga, Tomate, Goiaba, Espargos.


Zinco:
O mineral zinco está envolvido na construção e reparação dos tecidos celulares, incluindo no crescimento do cabelo. Também ajuda a manter as glândulas sebáceas à volta dos folículos a funcionarem adequadamente.
Baixos níveis de zinco podem causar queda de cabelo, crescimento lento, e caspa!
A quantidade de zinco que recebes da alimentação é perfeitamente suficiente. Um suplemento multivitaminico que proporciona até 100% DV não é recomendável porque o excesso de zinco pode inibir a capacidade que o corpo tem de absorver o cobre.

Alimentos ricos em Zinco - Ostras, Lagosta, Carne bovina, Caranguejo, Germe de trigo, Frango sem pele, Perú, Mexilhão, Sementes de abóbora, Iogurte magro, Lombo de porco, Feijões, Lentilhas, Soja, Pinhões, Amendoim, Manteiga de amendoim, Sementes de girassol, Nozes, Sementes de linhaça, etc.



Consequências de uma alimentação pouco saudável:
  • Queda de cabelo - normalmente associada à falta de ferro e/ou vitamina C.
  • Couro cabeludo seco e escamado - normalmente associado ao consumo excessivo de açúcares.
  • Cabelo aborrecido e sem vida - normalmente associado à insuficiência de ferro e/ou zinco.
  • Pontas espigadas - normalmente associado à falta de ómega-3 e proteínas.


Top 10 Alimentos para Fazer Crescer o Cabelo:


Top 5 Piores Alimentos para a Saúde do Cabelo:
1. Peixes com Altos Níveis de Mercúrio
Elevados níveis de mercúrio podem levar à queda de cabelo.
Peixes como o peixe-espada, cavala, peixe-batata e tubarão têm altos níveis de mercúrio.
Os peixes com menos níveis de mercúrio são, por exemplo, o salmão, truta, pescada, etc.

2. Refrigerantes
Os adoçantes artificiais presentes nos refrigerantes, como o aspartame, são muitas vezes responsáveis pela queda de cabelo.

3. Açúcares
As proteínas são super importantes para o crescimento do cabelo, o consumo de açúcar dificulta a sua absorção no organismo. Além disso, o açúcar faz encolher os folículos capilares,
Não precisas de parar o consumo de açúcar, deves apenas diminuir as quantidades. Opta por comer frutas, elas são uma excelente e saudável fonte de açúcar.

4. Fast Food, etc.
Comidas que contenham amido, como o pão branco, massas, bolos, entre muitos outros, provocam o enfraquecimento do cabelo deixando os fios mais finos.

5. Bebidas Alcoólicas 
O álcool abranda os níveis de zinco no organismo, e como já sabemos o zinco é um mineral extremamente necessário para a saúde e crescimento do cabelo. Além disso, desidrata o cabelo deixando-o mais baço e propenso a partir-se.




Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial

6 comentários:

  1. Olá, Sandy!
    Oops, ando levar uma alimentação não tão equilibrada como gostaria de ter.
    No meu caso, como de forma exagerada quando estou ansiosa ou em baixo. Antes não abusava os doces/bolos. Não bebo muita água e como algo doce quase todos os dias. O meu cabelo está como descreveste: couro cabeludo seco e escamado com cheia de oleosidade e comichão; quebras constante e pontas espigadas. É horrível ver os fios do meu cabelo no pente/escova, chão, lavatório e banheira da casa de banho.
    Vou tentar mudar hábitos alimentares mas antes que eu vá ao médico para fazer exames do sangue para saber o que meu organismo precisa.
    Todas semanas fazia tratamento de hidratação porém o meu cabelo não absorve por mais que experimentasse diferentes produtores capilares. Será que é falta pelo fato de não beber água suficiente e com algumas carência de alguma vitamina?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Jarlenys,
      Sim, possivelmente o teu cabelo pode estar nesse estado devido à alimentação.
      O meu conselho seria começares a beber entre 1,5L a 2L de água por dia, fazeres uma alimentação mais saudável, essencialmente com alimentos ricos em proteínas e ferro. Cortares mais nos açúcares, passares a comer mais frutas e menos bolos e doces.. (Eu dou conselhos, mas sou exatamente como tu, dificilmente bebia água e adoro doces!)
      Mas tenta mesmo fazer isso e ao fim de um mês é o tempo suficiente para veres o estado do teu cabelo, se melhorou ou continua igual.. Se continuar igual ou pouco melhorar, faz mais tratamentos com máscaras de proteínas (ex.: de 15 em 15 dias).

      Eliminar
  2. E outra coisa que esqueci: não como mariscos e nem camarão porque não gosto.
    rsrsrs

    ResponderEliminar
  3. ola Sandy, comecei a seguir o teu blog quando decidi fazer cortar o cabelo desfrisado e passar a usar o natural isso ha 6 meses atras, meu cabelo antes era quebradico e muito fraco e agora esta uma beleza. seus conselhos sao optimos por favor continue meus cabelos agradecem rsrs.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Ola, meu cabelo caiu quando eu tinha dois anos por razao nenhuma e ate agora nao cresce. Ja passaram 12 anos e o cabelo ainda nao voltou a crescser. Fui a varios medicos e nenhum deles sabia o que aconteceu. Eu sempre me alimentai muito bem. Tem um conselho?

    ResponderEliminar